Satsang Intensivo

A verdade a respeito de quem você é, está totalmente acessível. Ela já é sua! A única coisa que o impede de ver é “você” mesmo, com as ideias que se sobrepõem ao seu olhar.

Todas as ideias precisam ser testadas no fogo da verdade. Praticar uma técnica ou olhar em alguma outra direção que não seja dentro de si significa a negação de que você já seja aquilo que tanto busca. É nessa negação que o buda morre em você. Você nasceu um buda, mas o mata sempre que diz: “Eu não sou um buda”.

O mundo nos convida a trocar a nossa identidade-buda pela falsa-identidade-do-eu. Você vive num mundo cheio de crenças. Você acredita que é um homem, uma mulher ou qualquer outra coisa. Você acredita que tem 47 anos. Você acredita que está dentro do seu corpo. Você acredita que é filho dos seus pais. Você acredita ser um médico. Mas tudo isso são apenas roupas. Quem é você por trás de toda essa fantasia?

_

Satsang é uma revelação. É para aqueles que cansaram de buscar por respostas e só encontraram mais perguntas ou estados de êxtase passageiros. Ao estar diante daquele que realizou a essência do buda, o encontro é transmitido de maneira misteriosa – muito além das palavras.

Este é o significado da palavra “místico”: aquele que sabe do mistério e o transmite simplesmente com sua presença. Diante da luz, não há escuridão e evidencia-se aquilo que é verdade e aquilo que é mentira sobre o que realmente somos. Um mestre é aquele que revela a Verdade única e singular a todos nós.

Apenas esteja presente. Permita-se! E todos os seus questionamentos serão confrontados.

Neste encontro, Satyaprem nos guia rumo ao desconhecido: o mundo do silêncio como matriz de todos os sons, pensamentos e emoções; o qual sempre esteve presente, porém oculto por ideias adquiridas e nunca comprovadas. Dar-se conta do engano e reconhecer o mistério é a proposta de satsang. Isso é estar diante de um iluminado.